Novo game da famosa franquia multimídia, Pokemon Go se torna rapidamente uma febre mundial ao chegar aos smartphones. Os brasileiros, em grande parte, ainda esperam a sua vez para jogar

Desenvolvido pela Niantic e distribuído pela Nintendo, Pokemon Go é o novo game dos famosos personagens para a plataforma mobile e ele já chegou arrasando. Segundo informações divulgadas por diversos sites ao redor do mundo, o jogo, em seu dia de lançamento, rendeu à Nintendo uma alta no preço de suas ações como a empresa japonesa não via há pelo menos 30 anos. E não é só isso. O fato de o lançamento acontecer de forma fracionada em diversos países, chegando primeiro a alguns territórios e ainda não estando disponível em outros (como o Brasil), fez com que muitos fãs dos personagens buscassem formas alternativas - entenda-se 'pirata' - para experimentar o aplicativo, causando transtornos para os desenvolvedores.

E de que se trata Pokemon Go para fazer tanto barulho? O jogo promove literalmente uma caça aos personagens. Ele faz isso usando o equipamento de geolocalização localizado nos aparelhos smartphones para fazer com que os jogadores se desloquem a determinados locais - fisicamente falando, não usando mapas virtuais - para encontrar e capturar os Pokemons. As partidas acontecem em tempo real e os jogadores se dividem em três equipes rivais. O aplicativo fica ativo e usa o GPS para informar ao jogador quando há um Pokemon por perto. Isso pode acontecer a qualquer momento, quando ele estiver caminhando na rua, indo ao supermercado... Enfim, é uma surpresa. Ao encontrar o personagem, o jogador usa uma 'pokeball' e o captura, ganhando pontos para si e para sua equipe.

O jogo é gratuito e permite uma série de eventos adicionais, como duelos nas Academias e a própria evolução dos personagens. Pokemon Go roda nas plataformas Android e iOS, mas ainda não está disponível para o Brasil.

Polêmicas sobre o jogo

O portal UOL divulgou uma notícia brincando com a popularidade do novo game ao reproduzir um tweet que afirma que Pokemon Go está mais popular que pornografia na internet. Parelelamente, a mesma rede social tem sido usada pela desenvolvedora Niantic para divulgar os territórios em que o jogo está sendo gradualmente lançado. Ao longo desta semana (11 a 15 de julho), o game chegou à Alemanha e à Inglaterra, por exemplo. A companhia também está orientando usuários de países em que o jogo ainda não foi lançado para não instalarem versões alternativas do game. Em rápida busca no Google, encontramos diversas opções para download (ilegal) de Pokemon Go e até um vídeo mostrando como fazer para instalar no smartphone.

Outra polêmica envolvendo o jogo é o fato de ele usar o GPS para fazer os jogadores irem a diversos lugares das cidades para encontrar Pokemons para capturar. Nos EUA, por exemplo, houve gamers tentando invadir locais proibidos e algumas pessoas chegaram a colocar placas pedindo para que suas propriedades não sejam invadidas, causando incômodo em vários lugares. Diversas cidades norte-americanas já estão com a polícia em alerta para impedir invasões a prédios públicos. Com a expansão acontecendo para outros países, as autoridades locais começam a se preocupar com a quantidade de jogadores ativos do game, que cresce a cada dia.

Ainda não há previsão de lançamento do game no Brasil. Segundo informação oficial da Niantic, Pokemon Go chega em breve ao nosso território.

Veja Também

IMAGE
Lançamento da Capcom, Monster Hunter Generations está...
IMAGE
Gamer Trials, plataforma de teste de games que oferece...
IMAGE
Capcom confirma o novo pacote de atualização, pago, para...