Com ambiente baseado em relatos reais, história em quadrinhos mostra clima noir do Regime Militar: Ditadura No Ar – Coração Selvagem será lançada dia 17 de junho pela Editora Draco

No dia 17, durante a 22ª Fest Comix, será lançada a tão esperada edição encadernada da HQ Ditadura No Ar – Coração Selvagem (Editora Draco), que reúne as quatro partes da história e alguns extras. Por meio de uma trama policial intensa, Ditadura No Ar – Coração Selvagem mostra o desespero do repórter fotográfico Félix Panta para encontrar sua namorada Lenina, presa pelos militares durante uma manifestação de estudantes.

Utilizando recursos narrativos herdados do cinema noir, a graphic novel escrita por Raphael Fernandes (Apagão, MAD) e desenhada por Rafael Vasconcellos, o Abel (Macbeth), acontece em um dos períodos mais conturbados da história brasileira: a Ditadura Militar. Em 1969, depois do famigerado AI-5 e auge da ditadura, a trama noir apresenta uma época em que era perigoso pensar diferente do governo. Com ambientação baseada em relatos reais e em uma extensa pesquisa histórica, este quadrinho é uma ficção com os dois pés na dura realidade. Em suas páginas, presos políticos, exílio, tortura e o poderio militar são um dramático pano de fundo para uma trágica história de amor.

Ditadura No Ar - Coração Selvagem tem 104 páginas coloridas, formato 17 x 24 cm, capa cartona e estará disponível em livrarias e lojas especializadas a partir do dia 20 de junho, por R$ 44,90. O álbum reúne as quatro edições da minissérie independente, ganhadora do Troféu HQMix em 2013, com artes e textos revisados.

Veja Também

IMAGE
Editora Évora, por meio do selo Generale, traz os...
IMAGE
Com a segunda temporada de seu seriado na Netflix...
IMAGE
Com a boa recepção que o grupo de vilões da DC teve com...